Sindicato das Empresas de Processamento de Dados e Informática de Joinville

Sala de Imprensa

Regulamentação do Marco Civil deve sair nos próximos dia

Até aqui tocada sem urgência aparente, a regulamentação do Marco Civil da Internet entrou em ritmo acelerado nesta semana. A conversa na Esplanada dos Ministérios é que a presidenta Dilma Rousseff quer soltar diferentes medidas de apelo social antes da votação do impeachment no Senado Federal, prevista para 12 de maio. A primeira delas saiu na quarta, 27/4, com a assinatura do Decreto 8.725, que regulamenta o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil. Nessa mesma toada, a regulamentação do Marco Civil da Internet está na lista do que vai sair nos próximos dez dias. Um novo texto da minuta...

Continue lendo

RIo Info: já fez a sua inscrição no maior encontro nacional de TI do país?

Já estão abertas as inscrições para o maior encontro nacional de tecnologia e negócios do país, o Rio Info. O evento acontece entre os dias 4 e 6 de julho, no Centro de Convenções SulAmérica, Rio de Janeiro. A 14ª edição do Rio Info abordará temas como A competitividade da TI brasileira; A TI e a revolução na Saúde; TI nos Esportes; Domínios Globais da Internet (ICANN); Oficina: Uso de Big Data para Segurança empresarial; TI e conteúdos digitais: oportunidades no mercado da música; Cyber Segurança, Integrando TI, Design, Comunicação e Sustentabilidade; Internet das Coisas; além de realizar encontros como o Salão da Inovação e as Sessões de Negócios. Ao...

Continue lendo

Negociação convenção coletiva 2016/2017

Às Empresas de Processamento de Dados e Informática de Joinville

Estamos avançando paulatinamente nas negociações da Convenção Coletiva para o período de 2016/2017. No entanto, estamos encontrando severa resistência aos nossos pleitos quanto a flexibilização da contração de planos de saúde imposta pelas Convenções Coletivas anteriores. De outro norte, o Sindicato Laboral tampouco aceita negociar uma recomposição salarial inferior à integralidade do acumulado de inflação pelo INPC. Lembramos que a proposta aprovada em Assembleia é no sentido de realizar a recomposição salarial aplicando, no máximo, 80% do INPC acumulado, caso o Sindicato Laboral não aceite negociar a flexibilização do plano de saúde, vez que muitas empresas precisarão desta margem para...

Continue lendo

Maximizando o Desempenho de sua Equipe

Treinamento

Para inscrição Clique aqui!

Continue lendo

Fórum online do eSocial começa a funcionar nesta semana

A partir desta semana, entra no ar o Fórum do eSocial, uma ferramenta online voltada aos desenvolvedores de TI deste novo sistema do governo, desenvolvida pela Fenainfo em parceria com a Fenacon (Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis) e a Receita Federal do Brasil. O Fórum foi idealizado especialmente para divulgar informações e auxiliar as empresas desenvolvedoras de software, e já conta com mais de 300 colaboradores. Nele constarão as principais dúvidas e respostas relacionadas à parte técnica do eSocial, especialmente relativas à leiaute e regras dos negócios. Um evento inaugural, realizado pela Fenainfo e Fenacon no mês passado, na...

Continue lendo

Nova edição da revista online TI Maior já está no ar

Nesta edição da TI Maior, Márcio Girão, presidente da FENAINFO foi a Brasília para uma conversa com o senador Cristovam Buarque. Confira aqui a entrevista, que debate a Ciência da Computação nas escolas. Na reportagem especial, um panorama sobre os temas Neutralidade da Rede X Operadoras Gratuitas. Especialistas discutem os novos rumos do Marco Civil, o boom das redes sociais e como as operadoras se posicionam diante deste cenário. Leia! O debate é sobre a Ciência da Computação nas escolas de engenharia. Professores renomados dão opiniões sobre o assunto. Confira. Na seção Artigo, o advogado Gilberto Martins de Almeida aborda...

Continue lendo

Por que ainda é tempo de aprender Cobol?

Linguagem permanece extremamente relevante e suporta sistemas críticos de bancos, seguradoras e empresas dos mais variados setores

“Quando estava na faculdade, há 30 anos, o Cobol foi declarado morto. Muito tempo se passou desde essa época e essa linguagem segue viva, forte e boa!”. A frase pertence a Leon Kappelman, professor de sistemas de informação da Universidade do Norte do Texas (UNT) e traz verdades incontestáveis. Mais de meio século depois e a ferramenta permanece extremamente relevante e suporta sistemas críticos de bancos, seguradoras, operadoras de telecom e empresas dos mais variados setores. Porém, cursos de Cobol oferecidos por universidades são um tanto raros, o que sugere que os profissionais mais bem preparados na ferramenta são valorizados....

Continue lendo

Seis tendências para o mercado de TI não parar de crescer

A economia brasileira segue em crise e muitos setores convivem com um período de recessão. No entanto, para a área de tecnologia, a expectativa é positiva: a consultoria IDC estima um aumento de 2,5% nos investimentos de TI ao longo desse ano. Ao invés de somente comemorar a estatística, é preciso se planejar, pois o crescimento deve ser pautado pela eficiência e diferenciação em cada projeto. Assim, é necessário estar por dentro de tudo o que acontece no setor para se antecipar à concorrência. Confira seis dicas que podem impulsionar ainda mais o crescimento do seu negócio: Digitalização – segue...

Continue lendo

Monetizando negócios com uma visão business to technology

O desafio de armazenar e processar grandes volumes de dados já foi superado pelo mercado e as tecnologias de BI e Big Data que apoiam os negócios digitais já existem há mais de cinco anos. Mas o que não foi superado é o desafio de monetizar o investimento realizado na aquisição dessas tecnologias, como conquistar o tão desejado ROI. Mas como ter uma nova visão de mercado com tanto incêndio para apagar nas áreas de negócio? Como enxergar o mercado de forma diferente, de forma digital? A visão deve ser do negócio para a tecnologia. Essa é uma disruptura importante...

Continue lendo

Em dois anos, Tecnologia da Informação (TI) brasileira perdeu uma década

As turbulências econômicas e políticas cobram um preço alto do setor de tecnologia da informação. Além do recuo em políticas importantes de incentivos à TI, persistem carências de infraestrutura e de um ambiente mais propício aos negócios. Mas há luz no horizonte – especialmente com o novo patamar do dólar frente ao real. “A gente recuperou um pouco da competitividade com a desvalorização. Temos que manter nossa vocação para a internacionalização e para que empresas multinacionais possam confiar e investir mais no Brasil como plataforma de exportação”, destacou o presidente da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo, ao abrir o seminário promovido...

Continue lendo
Voltar para
página anterior